É dia na parte da Terra que está virada para o Sol, e noite na parte contrária.

O dia e a noite são uma consequência do movimento de rotação da Terra.
Se a Terra não rodasse sobre si própria, o dia e a noite duravam 6 meses.
Se a Terra rodasse direita, o dia e a noite tinham sempre 12h.

A duração do dia e da noite varia ao longo do ano.
O dia é maior no 1º dia do Verão (o dia mais longo do ano e a noite mais curta - dia = 14h e noite = 10h), depois a sua duração começa a diminuir até ficar igual à noite no 1º dia do Outono (dia = noite = 12h), continuando a diminuir até ser menor no 1º dia de Inverno (o dia mais curto do ano e a noite mais longa - dia = 10h e noite = 14h). Depois o dia aumenta até ser igual à noite no 1º dia da Primavera (dia = noite = 12h), continuando a aumentar até ao 1º dia do Verão.
Para a noite acontece o contrário. A noite é menor no 1º dia do Verão, depois a sua duração começa a aumentar até ficar igual ao dia no 1º dia do Outono, continuando a aumentar até ser maior no 1º dia de Inverno. Depois diminui até ser mais curta no 1º dia do Verão.

Na linha do equador, o dia e a noite têm sempre 12 horas.

No Pólo Norte e no Pólo Sul, o dia e a noite duram 6 meses, porque a Terra roda inclinada e os Pólos ficam virados para o Sol, ou para o lado contrário, durante 6 meses. Por isso, diz-se que existe o Sol da meia-noite, que é quando está de dia nos Pólos à meia-noite.



Sites

Dia e Noite (skoool)
http://observatoriophoenix.astrodatabase.net/k_ensaios/24_k02.htm
http://www.cdcc.sc.usp.br/cda/ensino-fundamental-astronomia/parte1c.html